O Cordeiro Profetizado

“Entre Nós” – Ministério de Jovens da IEB

Devocional para Páscoa: O Cordeiro Pascal (I Coríntios 5.7)
-Sábado – 11/04/20
-Texto base: Isaías 53.5-7
-Tema: O Cordeiro Profetizado

O profeta Isaías, cerca de 700 anos a.C, traz um dos relatos mais vívidos a respeito do sacrifício do Cordeiro. Talvez essa seja a passagem mais importante entre os profetas do A.T. No que diz respeito a nós, essa passagem está carregada de significados. Nela podemos observar a nossa condição, o que temos para oferecer em relação à condição do Cordeiro e o que ELE ofereceu.

1. O Cordeiro sofreu por coisas que não fez – SALMO 22 (sugestão para compor leitura)
a) ELE foi ferido, machucado por causa de NOSSA rebeldia – v. 5
b) ELE foi esmagado por causa da NOSSA iniquidade – v. 5
c) ELE foi castigado pelo que NÓS fizemos – v. 5

O castigo precede um ato de desobediência, mas no caso de Cristo, estava sendo castigado por nossos pecados. O Cordeiro era Santo, sem mácula, perfeito. Mas para satisfazer a justiça de Deus, o Cordeiro levou as nossas iniquidades sobre Si voluntariamente. E o castigo que nós merecíamos nos trouxe a paz, e essa paz é tanto física quanto espiritual. O Cordeiro levou sobre Si algo que não mereceu, pra nos dar o que nós não merecíamos.

d) Ele foi ferido e por isso fomos curados . – v. 5

Dizem que o filme “Paixão de Cristo” é o que melhor retrata a crucificação em termos de sofrimento, mas ainda sim, fica longe do que realmente aconteceu. Pense em cada chicotada que Cristo levou, a carne exposta, espinhos entrando em sua cabeça, o madeiro sendo carregado por uma longa distância, os pregos atravessando seu músculos, tendões e nervos até chegar do outro lado. Mas não foi só o sofrimento físico, foi emocional, psicológico. O choro de angustia no Getsêmani, a realidade de ser traído por um próximo, o abandono dos seus discípulos, a rejeição do seu povo. Todas essa “feridas” de Cristo curaram os verdadeiros doentes: NÓS!

2. O Cordeiro sofreu em silêncio – v. 7
a) ELE foi responsabilizado e ainda sim, sofreu pacientemente por algo que não fez. – v. 7
b) ELE foi para o matadouro como uma ovelha, mas em silêncio. – v.7

O mesmo Jesus que curou (Marcos 5.21-43), que expulsou demônios (Marcos 5.1-20), que acalmou a tempestade (Marcos 6.50-51), que ressuscitou a Lazaro (João 11.1-44), que só dizendo o seu nome, derrubou um exército (João 18.5-6), foi em direção à morte sem abrir a boca, sem resistir, sem relutar (Marcos 14.60-61, 15.4-5; Lucas 23.8-9) . Tudo isso voluntariamente. Tudo isso para satisfazer a justiça e a vontade de Deus – v. 10
O Cordeiro profetizado por Isaías cerca de 700 anos antes de sua chegada, fora anunciado muito tempo antes, mais precisamente, antes da fundação do mundo.

Questões para a reflexão:
1) Quantos anos antes foi dada a profecia de Isaías a respeito do Cordeiro?
2) Quais foram os motivos do sofrimento do Cordeiro?
3) Qual foi o propósito principal do sofrimento do Cordeiro?

por Alison Gustavo Lopes Dias.

Deixe uma resposta